Larry Holmes - Boxer
Pic : Action Images
Conheça mais sobre a carreira desse grande pugilista

Categoria de Peso

Títulos mais importantes

Antonio Carlos Novais
Por Antonio Carlos Novais
Antonio Carlos Novais
Por Antonio Carlos Novais

Abandona a escola aos 13 anos para trabalhar. Lavou carros num lava-jato (que comprou depois de se tornar campeão) e chegou a dirigir caminhões.

Começa tarde no boxe, com 19 anos. Em 1971 se torna sparring de Muhammad Ali, com quem fica até 1975. Se torna profissional em 1973.

Realiza 26 lutas (invicto) nos anos seguintes até que em março de 1978 enfrenta Earnie Shavers numa qualificatória para disputa do título mundial, vence por decisão unânime num duro combate de 12 rounds.

Em junho do mesmo ano tem a chance de disputar o título da WBC contra Ken Norton. A luta também foi duríssima e Holmes vence por decisão dividida ao término de 15 rounds. Destaque para o round final um dos melhores assaltos realizados na categoria dos pesados naquele ano. Holmes ficou tão extenuado que ouviu a decisão dos jurados sentado no seu corner.

Norton e Holmes fizeram uma luta muito equilibrada.

A partir daí inicia um longo reinado na categoria. Em suas 8 primeiras defesas de cinturão, vence todas por nocaute ou nocaute técnico, incluindo Muhammad Ali, por desistência. Realiza grande combates com: Earnie Shavers, Gerry Cooney, Tim Witherspoon, Mike Weaver, Carl Willians.

Tem um desentendimento com a WBC em 1983, que o faz renunciar ao seu cinturão. Por contrato Holmes deveria defender seu título contra o desafiante número da organização, Greg Page. Mas Holmes não concorda com a bolsa oferecida a ele, por achar baixa demais. Assim deixa a organização e assume o título da recém-criada IFB. Além de manter também seu título da Ring Magazine.

Pela IFB realiza mais 4 defesas bem-sucedidas. Até que em setembro de 1985, enfrenta Michael Spinks. Spinks era o campeão dos meio-pesados, e sobe de categoria mirando a coroa dos pesados. Em luta muito equilibrada, Holmes perde por pontos numa decisão unânime na visão dos jurados. Realiza a revanche em abril de 1986, e novamente fazem luta muito parelha, em que Holmes inicia muito bem, mas da metade para o final Spinks se aproveita do cansaço de Larry e cresce no combate. Nova derrota de Holmes, dessa vez em decisão dividida.

Anuncia então, que irá se retirar dos ringues. Mas em 1988, seduzido por uma bolsa milionária volta para enfrentar o atual campeão e com a aura de imbatível, Mike Tyson. Sofre o primeiro nocaute da carreira no quarto assalto.

Tyson foi o único a nocautear Holmes em toda a carreira.

3 anos depois, em 1991, resolver voltar a competir. Inicia enfrentando boxeadores menos ranqueados e pouco a pouco vai subindo até que tem a chance de disputar o título contra Evander Holyfield em junho de 1992. Perde por pontos numa decisão unânime em que Holyfield dominou do início ao fim.

Realiza mais 7 lutas, e em 1995 tem sua segunda oportunidade de conquistar o cinturão, contra Oliver McCall. Nova derrota por pontos numa decisão unânime, porém nessa luta, Holmes inicia muito bem, mas o peso da idade faz com que o campeão equilibre as ações e retome a superioridade do combate.

Em 1997, nova chance de disputar o título, dessa vez da IBO contra Brian Nielsen, e mais uma derrota, dessa vez  por decisão dividida.

Realiza mais 3 combates com vitória e em julho de 2002 faz sua última luta contra Eric “Butterbean” Esch, e se despede dos ringues aos 52 anos de idade com vitória.

Gostou? Compartilhe com os amigos!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Livros disponíveis na Amazon

kindle_unlimited_logo
Rolar para cima

Utilizamos cookies para lhe assegurar uma melhor experiência em nosso site. Ao continuar, você declara aceitar a Política de Privacidade e os Termos de Uso.