unnamed

LENNOX LEWIS

1965 –
1965 –
Inteligente, forte, estrategista, focado e determinado. Lewis entrou para a história com seus diversos predicados.

País

Categoria de Peso

Títulos mais importantes

WBC-WBA-IBF
Antonio Carlos Novais
Por Antonio Carlos Novais
Antonio Carlos Novais
Por Antonio Carlos Novais

PERFIL

Lennox Lewis nasceu no leste de Londres, em 2 de setembro de 1965. Se mudou para o Canadá com a mãe, quando tinha doze anos.

No ano seguinte começa a praticar boxe e se apaixona pelo esporte. Com 18 anos de idade participa dos Jogos Olímpicos de 1984, defendendo a bandeira do Canadá e perde nas quartas de final para Tyrell Biggs, que depois conquistaria a medalha de ouro.

Em vez de se profissionalizar Lewis decidiu se manter no amadorismo, participando da Olímpiada seguinte, em 1988. Dessa vez conquista a medalha de ouro derrotando Riddick Bowe na final.

 Em 1989 inicia sua carreira como profissional, a princípio o plano de Lewis era competir no Canadá, mas uma financeira inglesa chamada Levitt Group decidiu patrocinar o lutador, o que o levou a se basear na Inglaterra. Na Europa, Lewis teria mais chances de conseguir subir rapidamente no ranking.

A empresa, entretanto, faliu alguns anos depois, deixando o patrocínio de Lewis nas mãos de um milionário grego. Lewis se profissionaliza assinando um contrato de três anos.

A partir daí vence todas as lutas que disputou, conquistando os títulos britânico e da Comunidade Britânica.

Em 1992 Lewis nocauteia Razor Ruddock no segundo assalto e se torna o desafiante número 1 da WBC. Todos esperavam uma luta entre ele e o atual campeão Riddick Bowe, porém numa coletiva de imprensa Bowe chocou a todos quando declarou que abdicava do cinturão da organização jogando-o no lixo. Assim, em 14 de dezembro de 1992 Lewis foi declarado campeão da WBC sem precisar subir ao ringue.

Realiza três defesas de cinturão bem-sucedidas, contra Tony Tucker, Frank Bruno e Phil Jackson. Em setembro de 1994 em sua quarta defesa de cinturão acaba sendo nocauteado por Oliver McCall no segundo assalto.

Essa (inesperada) derrota foi determinante para o restante da trajetória de Lewis, fazendo-o trocar de técnico. A partir daquele momento Lennox seria treinado por Emanuel Steward, que por uma ironia era o técnico de Oliver McCall.

Sob a tutela de Steward, Lewis se aprimorou bastante, deixando de ser um lutador que constantemente partia para o infight para um estilo bem mais cauteloso e inteligente, principalmente usando sua enorme envergadura a favor e potencializando ainda mais o uso do seu jab de esquerda.

Na sequência Lewis derrota Lionel Butler ,Justin Fortune, Tommy Morrison e Ray Mercer. Novamente se torna o desafiante número 1 da WBC. Sendo o atual campeão Mike Tyson, Lewis ficou à espera de subir ao ringue com Tyson. Mas as negociações não foram adiante, e Tyson acabou abrindo mão do cinturão da organização para lutar contra Evander Holyfield. Com o cinturão vago, Lewis teve uma dupla oportunidade: lutaria pelo cinturão contra seu algoz Oliver McCall. Numa luta no mínimo bizarra, em que McCall passou o terceiro e o quarto assalto sem reagir aos golpes de Lewis e chorou copiosamente no intervalo do quarto para o quinto round. Vendo que não esboçava reação a luta acabou sendo interrompida pelo árbitro Mills Lane. Lewis se tornava campeão da WBC pela segunda vez.

A partir disso, a carreira de Lewis foi só ladeira acima. Realiza defesas de cinturão bem-sucedidas contra: Henry Akinwande, Andrew Golota, Shannon Briggs, Zejiko Mavrovic.

Sem adversários na organização, Lewis acertou uma luta para unificação de títulos contra Evander Holyfield (na época campeão da WBA e IBF). O combate ocorreu em março de 1999, e após 12 rounds os jurados declararam a luta empatada. O que gerou muita polêmica, pois muitos viram uma vitória de Lennox.

Uma nova luta foi marcada para novembro do mesmo ano, e dessa vez Lewis vence por pontos numa decisão unânime. Era a primeira vez na década de 90, desde que Bowe jogou o cinturão da WBC no lixo, que a categoria dos pesados tinha um campeão unificado.

O título da WBA porém, não permaneceu com Lewis, após divergências com a organização sobre quem deveria ser seu adversário, ele resolve abrir mão do cinturão da entidade.

Como campeão da WBC e IBF defende seu cinturão com sucesso contra Michael Grant, François Botha e David Tua. Em abril de 2001, experimenta sua segunda derrota na carreira sendo nocauteado pelo azarão Hasim Rahman no quinto round. No mesmo ano em novembro realiza a revanche e devolve a derrota e recupera seus cinturões nocauteando Rahman no quarto assalto.

Em 2002, uma única luta, mas que parou o mundo do boxe. Finalmente enfrentaria Mike Tyson. Apesar de toda a expectativa gerada, o que se viu foi um Tyson que não era nem sombra do temível boxeador que fora no final dos anos 80. Apesar de Tyson ter feito um bom primeiro assalto, no restante da luta Lewis manteve a distância castigando Mike com seus jabs até que no oitavo round um poderoso direto de direita leva Tyson à lona encerrando o combate.

Um Tyson lento e fora de forma não foi páreo para Lewis.

Em 2003 Lewis sobe ao ringue pela última vez, seu adversário era o duro ucraniano Vitali Klitschko, que nos anos seguintes juntamente com seu irmão Wladimir dominariam a categoria dos pesados, iniciando a “Era Klitschko”. Apesar de fazer um combate bem equilibrado com Lewis, Vitali sofre um corte profundo no supercílio e abaixo do olho, e sangrando abundantemente vê a luta ser interrompida no sexto assalto.

Chegou a se cogitar uma revanche, mas Lewis muda de ideia e anuncia sua aposentadoria em fevereiro de 2004. Assim Lewis se tornava o terceiro pugilista da categoria dos pesos-pesados a encerrar a carreira como campeão mundial, a exemplo de Gene Tunney e Rocky Marciano.

ANÁLISE TÉCNICA

ENVERGADURA

Lewis era um lutador que se destaca  muito pela sua inteligência e a maneira como utilizava sua enorme envergadura no ringue. Com 1,96m de altura e tendo 2,13m de envergadura, sempre determinava a distância em que a luta se desenvolveria. Sempre a seu favor. Só partia para a luta na curta distância quando o adversário já dava sinais de que estava vulnerável ao nocaute. (Principalmente após Emanuel Steward se tornar seu treinador). Sabia entrar no raio de ação do rival bater e sair na hora certa. Não era afoito. Não corria riscos.

Se utilizava de sua força descomunal para empurrar o rival para longe sempre que lhe era conveniente.

 

 

 

 

 

 

 

 

JAB DE ESQUERDA

Uso do jab com maestria.

Assim como lutadores que se aproveitam de sua grande envergadura, o jab é a base para a forma como eles lutam. Logo utilizam desse golpe para uma variedade de fins como: controlar a distância da luta, se defender impedindo a aproximação do adversário e castigar o oponente desferindo o jab de uma distância segura, além de inciar as sequências de golpes.

Castiga Mike Dixon com jabs. Em sua luta com David Tua o manteve à distância nos 12 rounds com o jab e a movimentação para a esquerda. Uso consistente do duplo jab também, castigou Frank Bruno dessa forma.

COMBINAÇÕES DE GOLPES

Duplo jab com direto de direita.

Duplo jab seguido de cruzado de esquerda.

Upper de direita seguido de direto de esquerda.

Ganchos de direita e esquerda.

Gancho de direita e cruzado de esquerda.

Gancho de esquerda e upper de direita.

Gancho de direta, upper de direita e direto de esquerda.

GOLPES COM A DIREITA

Na curta distância era muito comum atingir o adversário com um cruzado de direita que tinha muita potência.

Seu direto de direita era devastador. Como se pode ver nos seus nocautes sobre Mike Waever e Mike Tyson.

ESQUIVA E CONTRAGOLPE

Era muito comum Lewis se esquivar dos golpes de seu adversário (seja dando um passo para trás ou apenas com a esquiva do tronco) e em seguida contragolpear com seu potente upper de direita.

Gostou? Compartilhe com os amigos!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Livros disponíveis na Amazon

kindle_unlimited_logo
Rolar para cima

Utilizamos cookies para lhe assegurar uma melhor experiência em nosso site. Ao continuar, você declara aceitar a Política de Privacidade e os Termos de Uso.