MICHAEL MOORER: OS MELHORES QUE ENFRENTEI

Michael Moorer dá sua opinião sobre os melhores que enfrentou na carreira. Venha conferir.
Antonio Carlos Novais
Por Antonio Carlos Novais
Antonio Carlos Novais
Por Antonio Carlos Novais

Em uma entrevista concedida à revista Ring Magazine, Michael Moorer falou um pouco sobre os adversários que enfrentou ao longo da sua carreira e aponta quais foram os melhores segundo 10 critérios.

Vamos à eles:

MELHOR JAB

Vassiliy Jirov : A razão para isso é por causa do estilo europeu que ele tinha. Ele sabia como combater um canhoto – já que ele era canhoto -, por isso estava sempre pronto com seu jab para um destro ou um canhoto.

MELHOR DEFESA

George Foreman : George foi difícil de acertar. Ele tinha aqueles grandes braços. Foi difícil acertar um golpe certeiro, porque a defesa dele estava pressionando, estendendo os braços, e você tinha que passar por isso.

MÃOS MAIS RÁPIDAS

Bert Cooper : Eles entrariam na luta achando que tinham uma boa velocidade, mas lutando com um canhoto você não será capaz de dar os socos como normalmente consegue. Acho que sempre tive a vantagem porque fui mais rápido do que eles. Eu diria, de quem eu enfrentei … Bert Cooper. Ele tinha mãos rápidas.

MELHOR MOVIMENTAÇÃO COM OS PÉS

Leslie Stewart : Ele era um boxeador excelente e me deu muitos problemas. Foi a primeira vez que enfrentei alguém assim. Ele se moveu bem e sabia como combater um canhoto.

MELHOR QUEIXO

Frans Botha : O Foreman aguentou muita pancada. Eu estava tipo, “Com que diabos eu tenho que acertá-lo?” Mas tinha que ser François Botha. Ele estava recebendo muito golpes duríssimos de mim, o que não o incomodava. Era como se ele estivesse em transe. Mills Lane finalmente pensou que era o suficiente e parou a luta na 12º round.

MAIS INTELIGENTE

Evander Holyfield: Ah, Evander. Toda vez que ele lutava com alguém pela segunda vez, ele era melhor, exceto talvez contra Lennox Lewis. Ele era um estudante do jogo e depois o aperfeiçoou. Eu sempre respeitei sua inteligência.

MAIS FORTE

Cooper : Eu sempre fui forte, então nunca senti que alguém fosse mais forte do que eu. Estou pensando em Bert Cooper porque essa foi provavelmente a minha primeira grande batalha, e para fazer algo assim … ele estava vindo para cima com força. Eu diria ele.Ele foi forte nessa luta.

MELHOR PUNCHER

David Tua : Havia muitos grandes nocauteadores. François Botha bateu forte. O Foreman bateu forte – naquele momento ele me pegou com um bom soco. Holyfield bateu forte. Qualquer um, se for atingido da maneira certa, será derrubado. Tua sabia como imprimir força ao soco, usando o impulso com os pés e mantendo o punho fechado. A maioria dos boxeadores mantém as mãos abertas, e ele sabia como fazer – usando sua menor envergadura – e tinha um bom queixo.

MELHORES HABILIDADES DE BOXE

Holyfield: Eu teria que dizer Evander. Evander sempre teria as melhores habilidades sobre a maioria dos boxeadores por causa de seu “pedigree”. Ele sabia como boxear, sabia socar e sabia lutar. Eu diria que ele foi o melhor boxeador porque ele se adaptou, ele fez os ajustes. Ele era um profissional. Ele sabia o que fazer e como fazê-lo.

MELHOR GERAL

Holyfield: Eu sinto que Evander foi o melhor que eu enfrentei, porque estava sempre no auge. Quando você está no auge, está sempre pronto para tudo e qualquer coisa que é colocada diante de você. Evander sempre veio pronto. Então eu tenho que dizer que ele foi o melhor que enfrentei, porque ele sempre se apresentou da melhor forma possível para qualquer luta. Sempre foi aquele cara. Se ele não vencesse você na primeira vez, venceria na segunda vez.

Gostou? Compartilhe com os amigos!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Rolar para cima

Utilizamos cookies para lhe assegurar uma melhor experiência em nosso site. Ao continuar, você declara aceitar a Política de Privacidade e os Termos de Uso.