Livro

RESENHA DO LIVRO CLUBE DE BOXE DE BERLIM

Ano de Lançamento: 2013
Uma excelente ficção envolvendo um dos personagens mais fascinantes da história do Boxe.

NOTA

9,5
Antonio Carlos Novais
Por Antonio Carlos Novais

NOTA

9,5
Antonio Carlos Novais
Por Antonio Carlos Novais

Uma ficção baseada na turbulenta época da ascensão ao poder do Regime Nazista, o livro conta como o boxe entra na vida do jovem Karl, e a partir daí sua vida ganha um novo sentido e propósito.Narrado na primeira pessoa, Karl se apresenta como um jovem no inicio da adolescência, e que começa ser perseguido em sua escola pelos jovens da juventude hitllerista ao descobrirem que ele é judeu. Filho de um dono de uma galeria de arte, tem um encontro que muda sua vida, Max Schmeling o ex-campeão peso pesado alemão que era amigo de seu pai propõe ao jovem Karl que se torne seu pupilo, e assim Karl começa a integrar o clube de boxe de Berlim, onde ocorre sua transformação de um jovem inseguro para um homem confiante.Usando  fatos reais da carreira de Schmeling como pano de fundo, principalmente o período entre as suas duas lutas lendárias com Joe Loius, o livro segue narrando a perseguição cada vez mais acirrada do governo nazista aos judeus, e todo o drama de Karl nesse jornada ao ser expulso da maioria dos seus círculos sociais. Uma coisa bem interessante é que o autor faz questão de mostrar que ao mesmo tempo em que o regime nazista propagava que judeus e qualquer outra raça mestiça era inferior aos arianos puros, Karl encontrava nos seus ídolos do boxe o consolo contra essa estúpida doutrina, ao saber de famoso boxeadores judeus  e negros que tinham sucesso na América. Cada vez mais o boxe vai sendo sua tábua de salvação em meio ao caos que vai reinando na Alemanha Nazista que inferniza os judeus.Uma leitura bem agradável, que proporciona momentos de tensão e angústia, mas que também reserva boas surpresas para o leitor. Impossível não nos afeiçoarmos ao jovem Karl e torcer para que dê tudo certo para ele. Recomendado ao fãs de boxe e aos fãs de história. Apesar de ser uma ficção, o livro se baseia num episódio real da vida Schmeling, que procurou ajudar muitos judeus durante esse período negro da história alemã, e que aumenta ainda mais a admiração por esse boxeador que também transcendeu o boxe.

Gostou? Compartilhe com os amigos!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Rolar para cima

Utilizamos cookies para lhe assegurar uma melhor experiência em nosso site. Ao continuar, você declara aceitar a Política de Privacidade e os Termos de Uso.